terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Nihil Morari

Observo o nada
mas é o nada
que me observa.

26 comentários:

E.Suruba disse...

sou invisível

caosemplumas disse...

Tive uma sensação de incapacidade quando li o texto :(

'Ariane .( lla Belle )' disse...

Me sinto assim as vezes =x

Beijos

Marcel Hartmann disse...

O nada me impede ser ser invisível.

Nara Sales disse...

Isso é todo o tempo comigo!

Junker disse...

é assombração, na certa

Sarah' disse...

o nada as vezes é a causa de tudo.

sabia que eu acho seu nome lindo? rs
bjs flor !

Paulo Braccini disse...

altamente reflexivo e inquietante ... ser observado pelo nada ... FATO!

bjux

;-)

Nadja Reis disse...

Li os 3 últimos textos... xDD


isso é a minha cara:
'Observo o nada
mas é o nada
que me observa.'

...

essa parte é linda de tão verdade e tão doída :

'Me desfaço em seu corpo e dentro de você vou me encontrando e procurando com muita calma esses pedaços que ainda faltam, procurando com tamanha calma na esperança de adiar o amanhecer.'


Muito bonito!




P.s:Estive sumida um tempo,mas ainda gosto disso aqui,ainda curto muito a blogsfera.


bjosss

Nadja Reis disse...

sou do blog:

htt://absolutamenteeu-nadja.blogspot.com

Mai disse...

E nada é tão importante quanto você.

beijos, Katrina.
Bom demais ter encontrado vc. nas andanças néticas.
beijo e bom 2010.
feliz tudo prá ti.

Wagner Lopes disse...

Isso lembra filosofia chinesa :)
Feliz 2010

Andre Martin disse...

Em resumo: isto é simplesmente TUDO!!!

Que 2010 observe você bastante, observando-o e usufruindo-o muito!

Mariah disse...

e cuidado...porque enquanto a gente fala, fala, fala..."ele" nos observa em silêncio!

Hosana Lemos disse...

mas o que é o nada?!

Dandara disse...

Troca de lugar e o que mais? confundiu tudo

.Leonardo B. disse...

E porque as coisas bonitas acontecem sem planos, a nossa amizade aconteceu, Katrina!

Não resisto a partilhar, uma mensagem “urgente” que a Amiga Rejane me enviou; partilhá-la é o mínimo que posso fazer, possa ou não ser “prematura”, tamanha declaração:

“Depois de uma séria e cautelosa consideração, gostaria de notificar a renovação do nosso CONTRATO DE AMIZADE, para o ano de 2010 e seguintes…

“Nunca desvalorize ninguém…
Coloque cada pessoa perto do seu coração
Porque um dia você pode acordar
E perceber que perdeu um diamante
Enquanto estava muito ocupado a coleccionar pedras”

[Mande este abraço para todos os que você não quer perder em 2010, adverte-me a Amiga Rejane: é meu dever, minha tão grande obrigação…]

Um imenso abraço

Leonardo B.

Um imenso carinho, com tudo o que a vida conte, incondicionalmente

Natália Corrêa disse...

Paro no ponto cego

The Blues Is Alright disse...

Se o nada for gato, eu pego.

Ricardo Pancho disse...

e o anda sente pena do q ve... ao menos se olhar pra mim hj...

HugoCrema disse...

À espreita, nunca podemos saber quem ou o quê está nos vendo.

Rimbaud no Café de Flore disse...

Filosofia, ou o cúmulo da introspecção ??? (...) e com esta perspectiva nada observo,o nada, que é imenso.


Beijos deste lado do charco

Francisco

Daniel disse...

Estar em frente ao mar deixando o mesmo a nos olhar.

Feliz 2010!
Beijos

Daiana Costa disse...

O dilema do outro sempre soa mais belo. O 'nada' pode pensar assim da nossa vida (:

Rene Serafim - "Juninho" disse...

Esses nadifúndios, diria o poeta pantaneiro...

Henrique disse...

Como o nada nos vê?

Nos vê como algo?