terça-feira, 15 de dezembro de 2009

31 dias.


Me perco entre os seus olhos e seus óculos inevitavelmente caem enquanto me encontro entre seus lábios, num sorriso que já não lhe pertecence por ser tão meu que já tomo posse, roubando todos os beijos como se desde sempre já me pertencessem. Demonstro meu imenso egoísmo ao não lhe deixar com as horas, lhe guardo no espaço apertado do meu peito para que não consiga mais escapar, onde eu possa estar com você mesmo quando a distância insistir em me lembrar da sua existência da pior maneira que existe, sentindo a falta de cada pedaço indecifrável de nossos corpos juntos por todos os lugares.

E dizer qualquer "te amo" desde sempre, não comporta de fato exatamente tudo isso que sentimos. Mas na falta de uma frase que precise isso, continuarei a lhe dizer isso, todos os dias, a cada instante, eternamente enquanto dure.

34 comentários:

Renato disse...

Já te disse isso, mas agora digo pra todo mundo ler.

Impressionante como você arruma diariamente um motivo pra eu te amar mais do que amava antes. Como isso é possível?

Te amo em progressão geométrica.

Vital disse...

a linguagem acaba
e o sentimento continua.

Alan Félix disse...

eterna-mente enquanto dure, a palavra "amor"

Rafael disse...

É, você apaixonadinha fica uma graça.

Rafael disse...

E, preciso conhecer esse seu renato para aprová-lo. Ninguém vem assim seduzindo minha amiga sem que eu dê o aval.

Marcelo Mayer disse...

e quantos cigarros forem necessários

nina rizzi disse...

que o eterno seja eterno. existe tanto tempo no mundo...

Marcos Andrade disse...

Doce Katrina, obrigado pelo seu gentil comentário no meu blog: fiquei feliz e envaidecido ao lê-lo (humanamente envaidecido).
Os "fragmentos de mim mesmo" são textos inteiros, sim - textos que venho escrevendo há alguns anos: tenho-os publicado aos poucos, fragmentadamente, como numa tentativa de me desmontar e me observar melhor. Não sei se isso faz muito sentido: mas nem tudo faz sentido na vida - ou nos blogs.

Bjão! Apareça sempre por lá!

Rene Serafim - "Juninho" disse...

Clap clap clap...

"amar é um elo
entre o azul
e o amarelo"
(Leminski)

[M]. Atahualpa disse...

Se isso foi nostalgia, ou se isso foi pura sinceridade afogada em secreto.. Parabéns, gostei do que li.

Mas se não foi nada disso, apenas mera ficção... Parabéns de novo!

Seja lá pelo que tenha sido, eu me senti confortável em dizer que me identifiquei.

Paz!

meus instantes e momentos disse...

bonito de ler.
Feliz daquele que escuta baixinho tudo o que vc tem pra dizer...
gostei daqui
Maurizio

Luna Cortez disse...

será que katrina é uma vadia apaixonadaaaaa?

Mai disse...

Katrina , amiga, este texto é praticamente um manifesto a um amor. Avassalador amor e lindo, putz!
Você é demais e escreve muito!
E lê nas entrelinhas tb.
Beijos e assovios aos dois.

Mikaele Tavares disse...

Que amor...

Ferdi disse...

OOOOOWN! Sua fofinha.. sinto cheiro de escritora apaixonada <3

Ricardo Pancho disse...

assim eu choro

José Luiz Neto disse...

pocessão íntima... densa

Márcia Amaral disse...

nossa, me impressiono com a maneira que voce fantasia as palavras, da pra sentir o quanto doce elas são

Daniel disse...

As vezes a dependência é boa. Depende do que nos prende, ou do que não nos prende. Duas almas tem que estar em uma ou outra sintonia, senão... alguém sai machucado.
Beijo

Vivian disse...

...é tão bom quando podemos
falar de amor.
falar do amor que sentimos,
e assim deixar que extravase
o coração.

você é linda com as palavras.

adorei estar aqui.

obrigada pelos carinhos
lá em casa!

bj, menina!

The Blues Is Alright disse...

Acredito mais nisso, não (pode me chamar de mal-comida).

Eu, Thiago Assis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu, Thiago Assis disse...

um "te amo" desses nunca será um qualquer "te amo"...

NiNah disse...

A todo momento é chato, mas quando é sem esperar enche os olhos e o coração bate mais forte. *-*
Amor...

Beijas

Paulo Jorge Dumaresq disse...

Sintomático do seu atual momento amoroso-encantatório-sentimental.

Eric R. disse...

Quanto as palavras faltarem e o "eu te amo" se tornar repetitivo, apenas cale-se e beije muiito kkkk
Se estiver distante imagine fazer o que né kk

Bruna Bianconi disse...

Que lindo esse texto, que sentimento bom :)

JaqueFonseca; disse...

Simplesmente Eu Te Amo resume toda e qualquer coisa.

Rafael disse...

ó, q lindo.
:B

Erica Vittorazzi disse...

Demais, o amor faz estas coisas, não?

Érica disse...

E quando acabam as palavras, ou a gente acha que elas simplesmente não existem para descrever esses sentimentos intensos demais.
Deu pra sentir o tamanho desse amor. E o quanto ele é bonito.

Beijos

Felipe A. Carriço disse...

Não gosto de ter certeza das coisas "enquanto durem".

prefiro acreditar que algumas delas, podem sim, ser eternas.

Maria Fernanda Probst disse...

Ai ai;

Posso calar. É a declaração mais linda e menos piegas que já li. Adorei.

Jéssica disse...

Eu AMEI a foto *-*