terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Samba, I love.

Se meus pés estivessem nus
eu sambaria o mundo
em todos os encontros.
Por ora
fico com os desencontros dos meus pés
em qualquer tango
que é a dignidade que meus saltos me permitem
até que eles se quebrem.
Depois virão os pés, quando quebrados,
fazendo que eu dance nas mãos do homem amado
conforme a música que ele escolherá
que sem meus passos
quebrados
a cada nota, no meu ritmo
não seria nada.

27 comentários:

HugoCrema disse...

Se minhas mãos estivessem nuas, te matava e roubava essa poesia pra mim.

Érica disse...

Segue a cadência, nesse samba de todo dia, em meio a amor e poesia.

Lindo.

Beijos

Junker disse...

Eu nao sei dançar, na verdade ate qndo ando é meio estranho. Salto alto é a gravata das mulheres... coisa desagradavel...

Ricardo Pancho disse...

preciso dançar assim... mas com alguém...

Marcel Hartmann disse...

Danço um tango comigo mesmo.

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Eu cantei sua poesia, melhor seu samba.

Abraços!

Mai disse...

Juntos ou separados, os pés e o samba só tu deves escolher. Mas essa voz que diz I love, é dose! Porque no amor quem governa é o coração.

Natália Corrêa disse...

Eu não sei dançar, mas arrisco esse samba.

EFS*** disse...

Eita samba nosso de cada dia!

Carol Mioni disse...

"...a dignidade que meus saltos me permitem até que eles se quebrem. " Vale pra tudo!

Maria Fernanda Probst disse...

Sempre o amor determinando o rítmo. Adorei a poesia.

Luna Sanchez disse...

Pois sambe de salto alto, longe das mãos dos marmanjos, mas ao alcance dos seus olhos : essa é a melhor das danças.

=**

ℓυηα

Tatiane Trajano disse...

Samba na cadência do mulato..

Flavih Jones disse...

Eitaa q inveja de saber dançaar.
=D

Allyne Araújo disse...

lindo!!! bjos!

Fê Colcerniani Justo disse...

Nossa, fantásticooo! Parabéns pelo blog!!
Bjsss

Marcelo Mayer disse...

2/4

Alex disse...

e o samba que traz tudo que é bom. Meu samba minha vida, nova vida.

Adorei.

coisas que aprendi nos discos disse...

guriiia! curti muito teu blog.. muito mesmo, ganhou mais um seguidor!

Mariah disse...

nasci para ser conduzida num tango à meia luz!

James Pimentel disse...

eu nunca dancei tango, mas um ritmo romântico nunca cai mal com a pessoa amada.
Eu também sou um aprendiz de dançarino! Eu só não gosto mais do que escrever, mas a dança é a minha motivação de vida!
Beijos

Felipe A. Carriço disse...

Os maiores acordes são os acordes menores.

Mikaele Tavares disse...

Gostei do samba.

Beijos

Menina Misteriosa disse...

Eu ainda estou de salto... mas já me preparo para dançar... no mesmo ritmo!
;)
Beijos

http://meninamisteriosa.wordpress.com/
http://www.aceuabertodaboca.blogspot.com/

baobah disse...

Será que um dia seremos fortes o bastante para que essa situação seja invertida? Para que eles dancem na nossas mãos, as nossas músicas??

Amei o blog, voltarei :D

Beijos

http://minidesastres.blogspot.com

Ferdi disse...

Se meus pés ainda fossem dignos disso eu dançava a dança que viesse.

Daiana Costa disse...

Ao passo que todo amor e desamor deve ter um ritmo para acompanhá-los na dança.