terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Era carnaval, 87

São paulo samba Adoniran Barbosa enquanto minhas saudades fazem frente à Cartola, que descuida do meu coração por alguns instantes e o deixa ser levado por estranhos efervescentes entre um bloco e outro, que me tiram para dançar com os seus olhos.

Meus confetes são feitos de cinzas.

17 comentários:

Marcos Andrade disse...

Tenho certeza que ainda vou ouvir falar muito nessa menina...

Beijo!

Marcelo Mayer disse...

ninguém lembrou do adoniram neste ano.

Fê Colcerniani Justo disse...

Super talento! Adoro Adoniram...
beijos

Rene Serafim - "Juninho" disse...

Adoniran, Cartola... Iracema, Moinho... e por aí vai... é samba!

Ferdi disse...

Os carnavais acabam e acabam com tudo.

Katrina disse...

eles nunca tem fim ferdi

Daniel disse...

Pouco sei sobre esses mestres do nosso carnaval, mas mesmo assim fico feliz em ler sobre eles por aqui, seja como for, poéticamente, apenas em textos... ou sei lá como posso dizer...
Beijo

Mile Corrêa disse...

O nome do seu blog não faz jus
ao conteúdo! De lixo não tem nada!
Beijo grande!

Allyne Araújo disse...

vc é demais kátrina!! sempre uma coisa nova, intrigante, e interessante!!! mais um belo texto este seu. bjos!

Alan Félix disse...

Eu convivo com o axó.

O bom é que teve Novos Baianos.

Ella disse...

Brigue com o Cartola, ele não pode descuidar de nenhum coração!

Ale Danyluk disse...

E suas lembranças feitas de ouro...

Recriar é necessário para enfrentar os carnavais de nossas vidas.
bjo

Denise Portes disse...

Lindo seu blog, gostaria que você fosse conhecer o meu www.odeliriodabruxa.blogspot.com
Um beijo
Denise

Felipe A. Carriço disse...

Fragmentos de carnavais em p&b.

Fouad Talal disse...

Faltou o Paulinho da Viola:

"Solidão é lava que cobre tudo, amargura em minha boca sorri seus dentes de chumbo..."

Sopro!
www.versosdecor.blogspot.com

Marcel Hartmann disse...

A última frase feriu.

Anônimo disse...

cofete ue lembra cinza? ja li isso em outro lugar