quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Nota residual de um blues onírico.

Onde, não lembrarei qualquer nome e talvez por isso seja um sonho, mas era apenas um bar daqueles onde se entra impulsionado pelo desespero de esquecer algo dentro de copos e mais copos de qualquer coisa que te faça ser qualquer coisa que não seja você, com esses olhos indefinidamente escritos por todas as sarjetas onde todos saberão o seu nome e uivarão por ele em qualquer outro sonho, onde qualquer arma recém disparada do peito não será quente suficiente para queimar os seus dedos sedentos de poesia, um violão
(ou qualquer coisa úmida que os aceitem dedilhando qualquer canção de amor barata)

dentro dos sonhos
estão os sonhos.

21 comentários:

Rafael disse...

Gosto de sonhar com bares, com algum blues ao fundo. Mas os seus sonhos com isso sempre são os melhores, já vem previamente escritos.

HugoCrema disse...

Olhos incessantemente escritos pelas sarjetas.

HugoCrema disse...

Tudo o que vejo são estes olhos.

Rene Serafim - "Juninho" disse...

humm... estas coisas oníricas...

Mariah disse...

dedos dedilhando em coisas úmidas...sugestivo isso!

Maria Fernanda Probst disse...

Meu sonho é minguado, então.

Mai disse...

Sonho que se compartilha é mais que sonho, Katrina. E esse ranço de resto de amor que adora mentir que odeia amar, aqui é esse texto de primeira e nada lixo porque é um blues que se ouve cabisbaixo ou que se bebe raspando a garganta e limpando a boca sem brinde nenhum.
E continuo tiete porque você escreve que dói. E fica danado de bom esse tal desse lixo de texto.

Caio Rudá disse...

Sonho, bar, blues e poesia é tudo uma coisa só.

disse...

Tenho tido sonhos assim

Jou Jou Balangandã disse...

Esse negocio de esquecer a realidade dentro de um copo nunca funcionou muito bem comigo...espero que vc tenha tido melhor sorte!

Marcos Andrade disse...

Tão bom voltar e poder te ler outra vez!

Ótimo 2010, querida!

Junker disse...

É o melhor cenario para um romance

Nadja Reis disse...

''dentro dos sonhos
estão os sonhos. ''

Ah,quantos sonhos dentro de outros sonhos eu não tenho?...


Profundo esse,hein?


rsrs


bjosss

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

E ai, o que quer tomar? Hoje é por minha conta!

Paulo Braccini disse...

passando para pedir uma força Katrina ...

Queridos amigos!
Meu Blog, depois de participar como Destaque na semana de 03/12/2009 na Gazeta dos Blogueiros, foi indicado ao prêmio THE BEST GB. O processo de votação já iniciou e vai até o dia 13/01/2010. Conto com o apoio dos amigos nesta empreitada. É só acessar o blog no link http://paulobraccini-filosofo.blogspot.com/, clicar no Selo Dourado no “sidebar” ao lado que voce será direcionado ao site da Gazeta dos Blogueiros, lá é só marcar o “ENFIM, É O QUE TEM PRA HOJE...” e clicar em VOTE.
Obrigado amigos,
Paulo Braccini

Cleyton Cabral disse...

Que perfeito. tava com saudades daqui. bjoooo.

Ferdi disse...

Que lindo, que verdadeiro: Dentro dos sonhos estão os sonhos.
E nos meus aparecem bares e blues.

Paulie N. disse...

e quem nunca dedilhou uma canção de amor barata, rá? (: adorei o blog, menina, parabéns :*

Paulo Jorge Dumaresq disse...

Me senti em um bar enfumaçado do Mississipi degustando o velho blues man Muddy Waters. O desfecho me pareceu uma referência ao conto Um Sonho Dentro de um Sonho (A Dream Within a Dream), de Allan Poe.

R. disse...

Violão, bar, sarjeta. Me fez lembrar dos tempos de faculdade.

Mikaele Tavares disse...

Um sonho bem real..rsrs
Beijos