domingo, 25 de abril de 2010

Ofertorio de dulce pasión

Para Erik, que me conduz a todos os sonhos


Seus dedos eternizam com nanquim em finos traços de expressão a minha verdadeira felicidade, esta que veio ao encontro dos seus rascunhos de todos os sonhos que talvez um dia tenha tido, ainda sem cores, porque estas, eu carregava entre uma tentativa ou outra de arco íris pós tempestade dentro de um copo d'água.
Oscilo entre Primavera & Outono
você tem gosto de rosas ácidas e eu de erva venenosa
enraizados na poesia concreta de São Paulo


Você poderia ter me tirado para dançar enquanto a Augusta toda esperava por isso entre um Gardel e um Piazzolla
mas como dançar a dois se já somos um?

19 comentários:

volpert disse...

Começa como uma brincadeira, pequena e sem mistérios...uma brincadeira de uma vida inteira...que vai crescemdo...até se tornar uma grande história de amor.

E como se termina uma história de amor?

Não termina.

Tá isso não é meu, é do Moon e do Bá, mas hoje lendo isso só me veio a cabeça você =]

poetarilho disse...

Esse "soltem o verbo" acima me intimidou.

Tudo bem.

Pecado é estar aqui poucas vezes.

Daiana Costa disse...

Uma das coisas mais bonitas que já li. E sincera.

HugoCrema disse...

São traços finos de um desenho abstrato, meio difícil talvez porque a abstração esconda algo figurativo demais, que é o amor.

sarah disse...

Verbalizar momentos, tão sublime.

Carlos Alberto Moreno disse...

dança-se só, sem estar abandonado

fato!

Mikaele Tavares disse...

Cria-se um solo, dança-se a cada momento.

Márcio Bergamini disse...

No fim das contas, vc dança e isso tudo será apenas o que nasceu dos momentos: representação. Mímese icompleta.

lucas gandin disse...

uau... fiquei impressionado.

Mai disse...

Parceria assim é coisa de quem cresceu junto e, nesse nível de cumplicidade se dança em qualquer ritmo. E esse quadro em nanquim não tem preço.

Luna Sanchez disse...

Hummmmmmm

É lindo, romântico, mas essa coisa de 1 + 1 = 1 nunca me agradou, sabe, moça? Eu gosto de ser inteira, sempre.

Beijo.

ℓυηα

Cris Assanuma disse...

Quando eu crescer quero escrever igual a você. Fico tão feliz, mas tão feliz por ter um melhor amigo que tem a melhor namorada.

Max Santiago disse...

Oi.

Eu sou o max santiago do Vibrador Literário.
Conheci seu blog através do comentário que você "jogou fora" por lá.
Gostei muito dos textos postados..
Parabéns.

E vou aproveitar a oportunidade para convidar você e o rapaz do texto para a festa do VL no clube praga!!

Nasca disse...

a loucura que é o 'nós' nesse idéia estranha de 'sermos'.. mas sozinha se dança também, não é?

:*

Ferdi disse...

NOSSA KATRINA, uma lágrima rolou.

Daniel disse...

O gostoso de nos tornarmos um é que sempre podemos ser dois ao mesmo tempo.
Beijos

Junker disse...

Discordo da luna, nao precisa ser um pra ser inteiro... dois tambem é um numero inteiro.
Quando é 1,5 que fica complicado.

Stella Rodrigues disse...

É o que eu diria. Belissimo.

Anônimo disse...

This will astonish you!

ZEITGEIST: ADDENDUM

http://www.zeitgeistmovie.com/

Money as debt

http://www.youtube.com/watch?v=vVkFb26u9g8

project camelot magnetic motor

http://www.youtube.com/watch?v=hkgyY47duCM

AMAZING!!

OZONATED WATER: CURE ANYTHING!

http://www.stoptherobbery.com/

Monatomic Gold

http://monatomicgold.co.uk/index.php