quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

À uma quinta feira

As folhas me abraçavam enquanto o meu corpo encoberto de terra mas também de desejos se consumia e era sim, era o vinho, eram aqueles sorrisos, era esse seu maldito sorriso que não saía da minha cabeça e esse maldito jagger fica dando adeus a uma terça feira e eu digo até logo quinta ou sexta e não importa porque é
mais um dia que eu não estou com você
é mais um dia que estarei mais perto de você & os meus lábios estão rubis de vinho e de sangue minhas pernas & os meus lábios verdes assim pouco verdes mas o suficientes para que eu diga
para qualquer um e para todos e para mim mesma
& para você e unicamente para você porque eu já disse isso de uma maneira não tão convencional
mas tão emocional e sincera que
tão sincera que ainda repito, nos restos de hoje
nestes restos que estão pelo meu corpo
que eu te amo.

3 comentários:

bêr zelig disse...

se você deletar isso, nunca mais falo contigo.

te amo.

Mariana disse...

cara, vc é uma apertável!

te amo e valeu pela quinta-feira! ;)

Gabriela M. O. disse...

folhas, terra, vinho, sorriso, jagger (?), lábios, mais vinho, sangue.
emoção e sinceridade.
não esperava esse te amo no final.
que lindo, pessoa de sorte.