segunda-feira, 27 de junho de 2011

Movimento Rápido dos olhos - 2º capítulo

Adormecendo ao som de When you dance I can really love, Neil Young


Primeiro estágio


- Você acredita em vida após a morte?
- Eu mal acredito na vida, pra te dizer a verdade.
- Mas acredita em vidas passadas?
- Aquela coisa de reencarnação, você quer dizer?
- Exatamente, acredita?
- Não muito, mas eu tenho uns problemas de memória, você já sabe, eu nunca deixo os outros esquecerem disso também, mesmo eu sempre me esquecendo. Então quando o lapso de memória, aquele arrombo enorme, to falando aqueles buracos negros tridimensionais que engolem todos os fragmentos, você leu Hawkins e sabe disso, acontece de uma hora pra outra, eu esqueço essa vida. Aí tenho que viver outra, do zero, mas com esse mesmo corpo. Eu reencarno com o mesmo corpo, a alma é que vai mudando. Entendeu?
- Você é louco.
- Eu também acho.
- Você gosta de cartas?
- Só as de tarot. Por causa do destino.

4 comentários:

Guilherme Navarro disse...

Eu sou bem assim! Cético, mas vivo me reencarnando. Adorei.

Anda sumida moça!

O Impenetrável disse...

menina, tô adorando muito isso, continua postando aí, vai.

beijooooo

Stella Rodrigues disse...

Se es louco, es poeta! Lindissimo, não acredito em vida após a morte também. Alias, o que é a morte? Se não uma coisa inventada pra nos tirar quem a gente ama?

Érica disse...

Eu não sou cética, mas um dia Deus apareceu e disse: filha, eu não existo. Ai eu passei a acreditar em orixá.