domingo, 12 de junho de 2011

A arte de não ser anfitriã.

3 sets a 1
na tv do hotel
onde
você escapa de mim
em forma de filete de sangue
e uma dor suportável
embaixo dos edredons
alguma lembrança
que será distorcida
pelo tempo
assim como o canal que se recusa a pegar.
Sinto muito
em não ser uma boa anfitriã
quando você
quis apenas
chegar.

6 comentários:

gipicles disse...

katrina, você é foda!

O Impenetrável disse...

delícia de poema pós-moderno.

Daniel disse...

Consegui imaginar uma situação lendo dua postagem, mas difícil de descrever. De qualquer forma, o local me pareceu bem retrô.

Daniel

.maria andrade vieira. disse...

e eu sumir

Stella Rodrigues disse...

Seu blog deu uma mudada radical, particularmente, acho bem melhor assim. E seus textos, e poesias continuam perfeitas e me dando inveja. lindo

silveriobitt disse...

curti