sexta-feira, 4 de abril de 2008

Fragmentos

Despedaçada
fragmentos de uma solidão jogados ao vento.
Um céu cortado
sangrando
e dois minutos de silêncio.
É AQUI ONDE ENCONTRO PAZ.
um deserto.
reconstuído
e sem direção.

Um comentário:

adriano villa disse...

uau... tô curtindo seus textos... muito interessante... parabens... te encontrei no blog do Wendell, foi o meu conto que inspirou os vermes dele... quando puder, de uma passada por lá.
bjs e curti seus textos
ps. quando descobrir quando relacionar outros blogs posso colocar o seu no meu?